quinta-feira, 26 de junho de 2008

Nomeadas

Ora vamos lá puxar pela cachimónia.

Aqui fica uma lista de nomeadas. Quem se atreve, sem ser da família dos visados, a dizer os nomes próprios e apelidos de cada um?

Eu tenho a certeza que me faltam muitos. Quem ajuda, para que se acrescente?



Aidinhas , Atilano

Baçal , Badalinho , Bagueixe , Balente , Batitá, Barril , Beringuel , Bexiga , Bilhó , Bombo , Botão de Camisa , Botija , Boto , Braba , Brotas , Burmelha

Cachulas , Çaço , Caixeiro , Calhilha, Caloura , Calouro , Çância , Çapão, Carabunhas , Carambolas , Carriço, Carroucha, Carteiras , Caseiro , Castanheta , Chedre, Chefe , Chicheiro , Chiote , Chochelas , Cornecho , Corrécio , Couceiro , Çuca, Cuco, Curopos

Êlhe , Engenheiro, Escachado

Façana , Farinhoto
, Fecisma , Ferrinho , Foguete, Fouce, Frade, Fuseiro

Galandum, Galila , Garnacho , Garrano , Girinha , Gitlém , Gralha , Greludo , Grifa , Grifo , Grilo , Grufina , Guerra


Inimigo

Jarrete, Juiz,

Labaredas, Leque, Lhé , Lobo, Lunetas , Luzerna

Macieira , Malaguetas
, Mandinho , Maneta , Manias , Maralha , Maria Narcisa , Marquesa , Milano ,
Mocho , Moucha

Nelzeira , Nharro

Pacheco , Pachica, Panarra, Pastora , Pataca , Pateiro , Patinge, Patolas , Patorro, Pedro, Pelada , Pereirinha , Picarete , Pilatos, Piloto, Pintassirgo, Piqueno, Pincha, Pinguim , Pinote , Pintana , Pote

Rastreja , Rata, Rente , Ruça

Sacheco , Santa
, Santacombinha , Santo, Sarrolha , Seco , Serrinha , Sorna , Sortes , Sota

Taré , Tição , Torto , Trocho ,

Zãeno , Zarrunga

Fátima Stocker
_____
Como se pode ver pelos comentários, as ajudas foram tantas que tive que diminuir o tamanho da letra, para não ficar aqui um lençol!

86 comentários:

J. Stocker disse...

Fátima
Não assustes que já sei que a familia está proibida te participar.
Conheço algumas das pessoas mas os seus nomes prórios , só sei três.

Anónimo disse...

aqui vão mais algumas:
birolho
pinote
sota
manias
engenheiro
malaguetas
grifo
escachado
barril
chefe

Anónimo disse...

mais:
galila
farinhoto,
nharro
pote
chicheiro
pintana
beringuel

Olímpia disse...

Também eu, envio mais algumas:
Zarrunga
Pateiro
Maloucha
Seco
Lhé
Chicheiro
Curopos
Suca
Pacheco
Patorro
Sorna
Pilatos

Iniciativa muito engraçada e interessante.
Se me lembrar de mais algumas, envio-tas.
Bjinhos
Olímpia

Olímpia disse...

Mais algumas:
Garnacho
Mocho
Bombo
Pinguim
Pelada
Mandinho
Chuchelas
Carteiras
Fecisma
Picarete
Sorna
Moucha
Bilhó
Girinha
Carabunhas
Couceiro
Grilo
Sancia

J. Stocker disse...

Penso que a ideia da Fátima seria a de não responder-mos só aos que são da Familia.
Assim eu respondo a dois vamos a ver se está certo?

Pilatos = Jorge
Chiceiro = Francisco

e fica por aqui a minha sapiência.

Augusta disse...

Só mais uma ajudinha:
Greludo
Inimigo

Fátima disse...

Anónimo (ou será Orlando?)

Grande lista! Muito obrigada. Vou já acrescentar. O Farinhota já lá estava. Mas esquecer-me do tio Chicheiro é que me parece imperdoável! O Pintana chegou-me, também, por e-mail. O Nharro parece-me mais recente, por isso, tendo a certeza de que falamos da mesma pessoa, vou acrescentar, também "tição". Mas puseste-me aos pulos com alguns: é que não faço a mínima ideia quem sejam!

Obrigada!

Fátima disse...

Olímpia

Isto é que foi trabalhar! Bela adenda, sim senhora!

O "Suca" já lá estava como "Çuca". Pela mesma ordem de raz~ºoes vou escrever "Çância" em vez de "Sância". Fizeste bem em acrescentar dos de Arufe, que também são nossos.

Fátima disse...

Augusta

Obrigada. A seguir a responder-te vou acrescentar todos os que deixaram aqui.

Vê lá tu que, ontem, andei com o tio Leque o dia inteiro na cabeça para me não esquecer e zás! ficou-me no tinteiro. Foi partida dele!

Beijos

Augusta disse...

O tio Jarrete ficou no texto do Tonho. Já agora lembrei-me também da Luzerna, do Caseiro, do Carteiras, do Labaredas.
Ainda haverá mais?

Fátima disse...

Augusta

Acabei, agora mesmo, de actaualizar a lista. dos que aqui indicaste, falta-me só o Caseiro. Vai já para lá.

Obrigada.

P.S. Mas ninguém diz os nomes de baptismo?

Beijos

Augusta disse...

Só mais uma: Grifa
Amanhã começam as equivalências. Hoje estou com sono.

Fátima disse...

E eu já encerrei a sessão, por isso só acrescento amanhã.

Obrigada e beijos

Augusta disse...

João:
É preciso ter azar: os dois que identificaste são da família. O Jorge (Pilatos)é filho da tia Zulmira (Moucha ou Grifa) e é nosso primo. A tia Zulmira é prima direita da nossa mãe. O tio Francisco (Chicheiro)era o marido da tia Ana que era prima do pai.
Já agora:
Batitá (e não Batitâ) - Zé Augusto
Barril - Manuel
Farinhoto - Alexandre
Pateiro - Duarte
Labaredas - Victor
Seco - tio João Pires
Lhé - Manuel Pais

Já agora acrescenta mais outra: foguete. E deixo mais equivalências para quem quiser participar

Fátima disse...

Augusta

Estava à espera que a Olímpia acrescentasse aqueles de que nos lembrámos à hora do almoço, para não estar sempre a editar o artigo, mas...

Obrigada pela correcção. Pelos vistos sempre chamei o nome errado ao Zé Augusto, e ainda por cima ele era meu amigo (nunca me atraganou, que é o mais que dele se pode dizer)!

Já agora: dizemos "Sota" ou "Çota"; "Sorna" ou "Çorna"? É só para escrever como deve ser, à moda de Rebordaínhos.

Quanto à família, não o disse, mas referia-me à família mais próxima, senão ninguém podia dizer nada, porque quase tudo são primos e primas!

Finalmente, podendo ser, os apelidos, para no fim fazer as equivalências em artigo próprio.

Beijos

Augusta disse...

Eu escreveria os dois com S. 'Tá bem. Lá porei os apelidos que me lembrar

Olímpia disse...

Aqui tens mais uns tantos para acrescentares:
Galandum
Pataca
Rata
Botão de camisa
Serrinha
Cornecho
Gralha
Bexiga
Lunetas
Colouro
Caixeiro
Lesma
Rastreja
Zãeno
Badalinho
Ligeira
Sachinho
Macieira
Bjos
Olímpia

Fátima disse...

Augusta

Nesse caso não terei que mexer em nada. Obrigada

Fátima disse...

Olímpia

É "Calouro / Caloura" e "Sacheco", não é verdade?

Obrigada, vou já acrescentar. Mas se tivesses organizado alfabeticamente, tinhas-me poupado trabalho...

Augusta disse...

Batitá (e não Batitâ) - Zé Augusto Pereira (??)
Barril - Manuel Pires (fijho do tio Santo - João Pires)
Farinhoto - Alexandre Pires
Pateiro - Duarte (não sei o apelido)
Labaredas - Victor Martins
Seco - tio João Pires
Lhé - Manuel Pais
Suca - José Caminha
Caixeiro - Hermenegildo Pires
Girinha - Alzira Machado
Macieira - Victor Martins
Picarete - João Baptista Pereira

Para a próxima há mais. Diz-me: o Sacheco é um dos nossos irmãos, não é? Só não me lembro qual.
Outros há que não me lembro do apelido. Tal é o caso do tio João Galandum, Da tia Gralha, que sei que é a tia Assumpção...
Mas lembrei-me de mais: Corrécio; Maralha; Chocha; Ruça; Braba; Gitlém.
Então os restantes, não se sentem com forças para começar a atribuir as equivalências?
É só "botar" cá p'ra fora?
Beijos

Fátima disse...

Augusta

Isto contigo é só acrescentar. Obrigada!

O Sacheco é o Artur!

Então bou-me ou astreber cum algũas. O diabo são os apelidos:

Aidinhas - Alfredo Pires
Atilano - antónio Pires (esta baleu-me ũa desanda da mãe!)
Bilhó - Helena Alves
Botão de Camisa - Eduardo Alves
Braba - Teresa Fernandes
Calhilha - Casimiro Pires
Çaço - Rui Fernandes
Çapão - Sebasião Martins
Carriço - Guilhermino Fernandes
Carroucha - São duas: Conceição Fernandes e (diabo que me não lembra o nome da mãe do Tição!)

Fico-me pelo "C". Há algumas que não sei e outras que não posso dizer por serem da família próxima...

O Zé Augusto tenho a certeza que é Pereira, os do Sapateiro tenho a impressão que são Fernandes, mas não juro. Quem ajuda?

Este silêncio será do calor ou da bola?

Beijos

EC disse...

Também fui pesquisar...
aqui vão algumas:
Baçal
Taré
Torto
Maneta
Castanheta

Augusta disse...

João:
permite-me a correcção (ainda é assim que se escreve?):
O Carriço não é o Guilhermino Fernandes, mas sim o Evangelista Fernandes.
A mãe do Gilberto chama-se Delfina Fernandes.
Diz-me uma coisa (só para não retroceder e confirmar, já lá está o Chedre?
Beijos

Augusta disse...

Milita:
?Tás a ver? É só começar. Mas não conigo identificar de quem se trata.
Beijos

Fátima disse...

Milita

Obrigada pelas achegas e pela correcção (embora me troques o nome...) Onde é que eu fui buscar o Guilhermino?!!!

O Chedre já lá está. E o Nelzeira anda-me na lembraça antes de vir aqui e, não sei por que artes mágicas, esqueço-me mal entro. Mas de hoje não há-de passar: onde já se viu não figurar aqui o teu pai?

__
P.S. Não precisas de retroceder quando comentas. Ao lado esquerdo do quadrado onde escreves, está escretio ao lado do número de comentários: "Mostrar mensagem original". É só clicar e pronto.

Espero pelo artigo da ZIF.

Beijos

EC disse...

Fátima,
estás baralhada... não te troquei o nome (que desse conta)
Bjnho

Augusta disse...

Fátima:
parece-me que estás a necessitar novamente de óculos! Então escrevo eu, e respondes à Milita?
Beijos

J. Stocker disse...

Ó diabo! Mil perdões a ambas!

Beijos
___
Augusta

Fazes o favor de me comprar o Mensageiro desta semana? É que, pelos vistos (escreveu-me a Filipa do tio Manuel), saiu o meu escrito sobre o convívio).

Obrigada

Olímpia disse...

Fátima:
Bilhó era a júlia do tio Sebastião
Pinote-Orlando Martins
Pachica-Ana Maria
Maloucha-Lurdes
Pacheco-Duarte
A propósito:Está lá o Calhilha?
Bjos
olímpia

Fátima disse...

Milita e Augusta

Caneco com isto! Agora troquei-me eu o nome e assinei como sendo o marido. Ou é da dor de cabeça ou já nem sei quem sou. Quer não, que comentário ia bem escrito!!!!

Das nomeadas que a Milita acrescentou só conheço a Maneta, a tia Olímpia, mas não lhe sei o apelido.

Milita, começa tu também a dar ao dedo e a deslindar o enredo!

E os outros, que se não mostram? Rai'os partam!

Beijos a ambas

Fátima disse...

Augusta

Já percebi porque me chamaste João: mea culpa, porque fui eu que assinei como sendo ele! Isto começou cedo, pelos vistos!

Olímpia

E os apelidos, minha menina?

O Bilhó seria também a Júlia (Martina), mas ao pai sempre lhe ouvi referir a Sr.a Helena.

Sobre o "já está lá", lê uma das respostas que, erradamente, dei à Milita.

Beijos para ambas

Olímpia disse...

Se em muitos casos, só sei mesmo as nomeadas, como queres que diga os apelidos?
Prometo que mais tarde arriscarei.
E tu, menino Orlando, quando deslindas alcunhas?

J. Stocker disse...

Quem me acode?

Deixam as mulheres vir para a sala está tudo estragado, o lugar delas é na cozinha, não era costume da aldeia?
Isto está para aqui uma salganhada divertida, já nem quero perceber mais do que para aqui se passou, pois já sei a causa disto tudo, o "Chouriço", que já dorme regalada no sofá.

Bons sonhos para todas vós, ainda bem que preservaram o quarto das traquinices.

J. Stocker disse...

Sugestão às comentadoras e à autora:

Dada a participação entusiástica, e para dar oportunidade a mais participarem, o que acham de lá para o meio da semana se mudar a data do post para ele aparecer em 1º. lugar?
Vejam lá se informam mais alguém do quarto das traquinices, estou-me a lembrar da irmã da Milita, da Ondina e da filha, da Xana, da mãe do Rui, da Pachica, a Regina sabe mas não escreve nada.
Vamos lá meninas, demonstrem o vosso talento e que merecem estar na sala tanto ou mais que nós!

Céu (Regina) disse...

A Céu vai-me perdoar, mas vou publicar aqui o texto de duas mensagens que nos mandou, a mim e ao João:

"Esqueci-me da alcunha do meu avô
Saço, não sei sei se é assim que se escreve.

Ou é Çaço? Vejam lá vocês.
A Pastora era a minha bisavó

Curopos, marido da tia Delfina
____

Fuseiro, Patolas, Sortes, Marquesa
Bjs e parabéns à imaginação
Céu"

Fátima disse...

Céu

Obrigada pela contribuição - esta e uma anterior que nos mandaste pela mesma via.

Eu, ao Çaço, já o tinha escrito, mas pensando no Rui...

Agora, fazes favor, começas a deslindar: nome próprio e apelido de cada um!

Beijos

Regina disse...

Olá amigos
Aqui vão alguns nomes

Curopos - João Alcino
Pastora - Antónia Fernandes (Mãe do meu avô)
Pintana - Guilhermino Fernandes
Carambolas era dos Pereiros, mas não sei o nome.
Parabéns pela ideia
Regina

Regina disse...

Mas ao Rui também lhe chamam çaço por ter as maneiras do avô, ser atraganado.

Regina disse...

Ribas - o Amílcar Pires

Regina disse...

Fuseiro - Aníbal Pereira

Regina disse...

Ao Bilhó também lhe chamavam a Botija

Fátima disse...

Ora viva, Céu, assim é bem melhor!

Obrigada pelas achegas.

Cá me parecia que eu não tratava a Júlia por "Bilhó"! Vou já acrescentar a "Botija"!

Estás-me a dizer que o "Pintana" é o Sortes"? Francmente, não sabia!

Obrigada e beijos

Augusta disse...

Jonas:
O lugar da mulher sempre foi e ´continuará a ser em toda a casa... Elas quando mostram a raça, são piores que o "valha- me Deus"...
Fora de brincadeiras: concordo contigo. Isto está a tornar-se numa dependência...

Vamos lá mais tantinho:
Balente - João Valente
Calhilha - Casimiro Pires
Cuco - João Fernandes (ainda lá falta a Barbeloucha)
Foguete - José Pais ou ainda Armindo Pais
Garnacho - Sr. António (de Arufe)
Luzerna - Sra Luz (não sei o apelido)
Nelzeira - Manuel Caminha
Pelada - tia Isabel (não sei o apelido)
Piqueno - Alípio Pires

E por hoje já chega.

Regina:
Até que enfim! Vê lá se convences a tua mana e sobrinhos. Tenhoo a certeza que darão uma excelente ajuda

E a menina Tilinha, também já é tempo de aparecer. Não é só "empurrar" a mana. O teu contributo é imprescindível.

Rui:
por onde andas? Pergunta à tua mãe. Ela sabe muitos de certeza.

Beijos a todos
Augusta

Regina disse...

Ólá Fátima, Olá Augusta
O Bilhó era a tia Helena Alves
O Pintana é de facto o Sortes
Carroucha era a Camila Pereira
Delfina - Grufina
Conceição - Sarrolha
Depois vou fazer uma lista
Bjs
Céu

regina disse...

Vou então fazer a lista

regina fernandes disse...

Aqui vai a lista prometida, para já:
Bagueixe - José Fernandes
Bexiga -Augusta Silva
Boto - Manuel Gomes
Cachulas - António Pires
Caixeiro - Hermenegildo
Corrécio - Emídio
Chuchelas - José Pereira
Çuca - José Caminha

regina fernandes disse...

Gininha - Alzira
Gralha - Assunção
Grilo - Graciano Martins
Greludo - João Silva
Jarrete - António Júlio Pereira
Juiz - António Silva
Labaredas,Macieiro - Victor Martins
Leque - Mário Bernardo
Lesma - Olema Pereira
Luzerna - Maria da Luz Gomes

regina fernandes disse...

Mandinho - Amândio Pereira
Mocho - António
Nharro - Gilberto Fernandes
Patolas - António Gomes
Patorro - Jaime do Nascimento
Pelada - Isabel
Pote - José Fernandes
Ruça - Júlia Pereira

regina fernandes disse...

Moreno - Francisco Martins
Pataca - Maria Filomena Martins

Fátima disse...

Viva, Céu

Grande contribuição! Não só acrescentei mais duas nomeadas, como desvendaste umas poucas!

A Ruça (além da tia Ana de Vale de Nogueira)era, para nós, a minha irmã Amélia. Não sabia que também o chamavam à Júlia do tio César - dona do cabelo ruivo mais bonito que já vi em dias da minha vida.

Não tarda nada, a lista está completa. Já contaram bem quantos são?

Agora ainda vou acrescentar a "Pereirinha" que me veio, de repente, à lembrança.

A minha tia "Burmelha" era Pires, mas acho que os filhos são Fernandes, por isso o tio Mocho será Honorato Fernandes.

Beijos e obrigada

António disse...

Olá Fátima:
Não podia deixar de meter a colherada: repara se já estão: o Façana (não sei o nome)falecido há muito num desastre de tractor,o Rente(ao chão)- Morais, filho do ti Zé Miguel; o Chiote (Carlos); os Guerras; os dois filhos do ti Grilo Brotas e Ferrinho; o Santacombinha(João); o Ti Milano (pai da Lurdes). os Galandum eram Gomes, João o mais velho.

Fátima disse...

Caro Tonho

Pois foi uma colherada muito bem metida!

Faltavam todos quantos disseste. Mas explica-me lá: "Guerra" é apelido ou nomeada? É que a não escrevi, convencida que se tratava de apelido. Para mim, o tio Alfredo chamava-se, de facto, "Alfredo Guerra". Corrige-me, se fazes favor.

Beijos

Augusta disse...

Corrijo-te eu. O tio Alfredo assinava-se Martins. E agora já perdi a conta aos identificados. Orecisamos de começar a fazer as correspondências num documento lateral.
Beijos

Augusta disse...

Errata:
em vez de orecisamos, leia-se precisamos.
Então o Pirlandas nem aqui aparece?

J. Stocker disse...

Para o quarto das traquinices

A musica da semana, foi escolhida especialmente a pensar na vossa participação.

Espero que gostem da escolha !

Aceita-se sugestões para as próximas escolhas.

António, elas mostraram a sua raça, por isso é que o Orlando nem aqui se chega.

estive indeciso entre esta musica e a do "traz um amigo também", mas no final achei que esta se adaptava mais ao "mulherio" (sem ofensa)

Beijos para todas

Augusta disse...

Jonas:
Gosto desta música mas, identifico-me mais com "traz outro amigo também" ou ainda "venham mais cinco"
Ficam as sugestões.
Beijos

J. Stocker disse...

Augusta

Já está registado o teu pedido!

Deixem as vossas preferências, a mais votada será a escolhida.

Em votação:

"traz outro amigo também" e "venham mais cinco"

Fátima disse...

Augusta

Obrigada. Vou, então, acrescentar.

Fátima disse...

João

No contexto calha melhor o "Venham mais Cinco"

Fátima disse...

Ponto da situação

Pescados, até agora, nas respostas estão os seguintes:

Bagueixe - José Fernandes
Balente - João Valente
Barril – Manuel Pires (filho do Sr. João Santo)
Batitá – José Augusto Pereira
Bexiga -Augusta Silva
Bilhó - Helena Alves
Botão de Camisa - Eduardo Alves
Botija – Júlia Martins
Boto - Manuel Gomes
Braba - Teresa Fernandes

Cachulas - António Pires
Çaço – Avô da Regina do Céu; Rui Fernandes
Çapão - Sebasião Martins
Caixeiro - Hermenegildo Pires
Calhilha - Casimiro Pires
Carriço - Evangelista Fernandes
Carroucha – Camila Pereira; Conceição Fernandes (ver Sarrolha); Delfina Fernandes (ver Grufina)
Chicheiro – Francisco…
Chochelas - José Pereira
Corrécio – Emídio…
Çuca – José Caminha
Cuco - João Fernandes
Curopos - João Alcino

Farinhoto – Alexandre Pires (filho do tio Alípio Piqueno)
Foguete - José Pais; Armindo Pais (Ver Inimigo)
Fuseiro - Aníbal Pereira

Galandum – João Gomes; e…
Garnacho - Sr. António (de Arufe)
Girinha – Alzira Machado
Gralha – Assunção …
Greludo - João Silva
Grilo - Graciano Martins
Guerra – Llfredo Martins;

Jarrete - António Júlio Pereira
Juiz - António Silva

Labaredas – Victor Martins (Ver Macieiro)
Leque - Mário Bernardo
Lesma - Olema Pereira
Lhé – Manuel Pais
Luzerna - Maria da Luz Gomes

Macieiro – Victor Martins (Ver Labaredas)
Maloucha – Lurdes …
Mandinho - Amândio Pereira
Mocho – Honorato Fernandes
Moreno - Francisco Martins

Nharro - Gilberto Fernandes (Ver Tição)
Nelzeira - Manuel Caminha

Pacheco – Duarte Pires
Pachica – Ana Maria Martins
Pataca – Maria Filomena Martins
Pastora - Antónia Fernandes
Pateiro – Duarte Fernandes
Patolas - António Gomes
Patorro - Jaime do Nascimento
Pelada - tia Isabel… (mãe do Balente)
Picarete – João Baptista Pereira
Pilatos – Jorge Pereira
Pinote-Orlando Martins
Pintana - Guilhermino Fernandes (Ver Sortes)
Piqueno - Alípio Pires
Pote - José Fernandes

Rente - … Morais
Ribas - Amílcar Pires
Ruça – Júlia Pereira ; Amélia Pereira

Santacombinha – João…
Sortes – Guilhermino Fernandes (Ver Pintana)

Tição – Gilberto Fernandes (Ver Nharro)

Fátima disse...

Agora acrescento eu mais uns quantos:

Aidinhas – Alfredo …
Atilano – António Pires

Badalinho – João ….
Burmelha – Maria da Conceição Pires (esta não devia ser eu, mas mais ninguém diz… Mas não digo mais ninguém da família directa, prometo!)

Çapona – Maria …
Chedre – Carlos Pereira
Chefe - … Gomes
Chora – Celeste …

Gitlém – Hermenegildo Pires
Grufina – Delfina Fernandes (Ver Carroucha)

Inimigo – Armindo Pais (Ver foguete)
Lobo – Alfredo… (Ver –aidinhas)
Lunetas – Carlos ribom

Maneta – Olímpia …
Moucha – Zulmira Pereira

Nelzeira – Manuel Caminha

Patorro – Jaime Fernandes

Santa – Etelvina Pires
Santo – João Pires (pai e e irmão da tia Etelvina)
Sarrolha – Conceição Fernandes (Ver Carroucha)
Seca – Eduarda …
Seco – João (Pires?)

Trocho – António Rodrigo

___
A Grufina e a Sarrolha foram ditas pela Céu, mas esqueci-me de as escrever no comentário anterior.

Vá lá, a ver se terminamos a lista, para fazer um artigo com tudo completo!

Olímpia disse...

Também voto em "Venham mais cinco"
Bjos
Olímpia

regina disse...

Vamos lá dar uma ajudinha!
Badalinho - João Dilva
Çapona - Maria da Graça
Chefe - José Gomes
Chora - Celeste dos Anjos Pereira
Chorinha - Maria do Rosário
Santacombinha - João de Deus Pires
Maloucha - Maria de Lurdes Carlos
Seca - Eduarda Pires
A Sância é nome próprio

regina disse...

Corrijo:
Em vez de Dilva, deve ler-se Silva, peço desculpa.

Augusta disse...

Boa Céu. São tantas que já confundimos nomes próprios com alcunhas!
beijos

regina disse...

Ó Menina, longe de mim de querer confundir-vos!!!!
São tantas? Ainda bem!
Pensavas que Sância era alcunha? Pois é. É nome próprio.
Mas continuem, está muito interessante.
bjs

Fátima disse...

Obrigada, Céu!

Essa da Sância eu sou responsável por tê-la acrescentado, mas não foi de minha lavra. A mim parecia-me estranho ouvir a minha mãe tratar alguém pela nomeada, mas...

As coisas estão a ficar compostas.

Parece-me que tenho de abrir mão da regra de ninguém poder identificar a família próxima. Espero mais dois ou três dias.

Beijos

Fátima disse...

Então, mais ninguém diz nada? Olhem que já retirei a condição inicial (de cada um não identificar a família).

Augusta disse...

Caseiro - Sr. Humberto d'Arufe
Fouce - João Manuel Pereira
Carteiras - Artur Pereira
Chicheiro - Francisco Rocha
Chora - Celeste Pereira
Couceiro - Amadeu Pereira
Êlhe - Fernando Martins
Foguete - José Pais
Frade - Manuel Martins
Fuseiro - (só sei que era d'Arufe)
Garrano - José A. Martins
Rata - Efigénia Pereira
Pincha - António Pereira (conhecido no Brasil por Couce de Mula)
Malaguetas - Filipe Baptista
Pereirinha - Lurdes Pereira

E mais não digo por hoje, porque não me lembro de mais e, até me parece que já repeti alguns.
Vou copiar para documento à parte para poder fazer a correspondência.
Beijos
Augusta

Fátima disse...

Garota

Já me ajudaste com algumas que me faltavam, nomeadamente, do Caseiro; do apelido do Chicheiro, do Couceiro e do Malaguetas (não fazia ideia que era o nosso primo Filipe, do Rafael!). Depois de publicar a súmula, logo vemos quem falta. A Céu é capaz de se lembrar.

A tia Maria, deu-me hoje outra: o Agasalho!

Beijos

regina disse...

Meninas,
Aqui vão mais algumas nomeadas para acrescentar, não sei se haverá em duplicado.
Raposo - António Bernardo Pereira
Fudicas - Ramiro Alves
Alheiras - Eduardo Pereira
Galochas ou Batbas d'Alho - Manuel Maria Pereira
Perrincha - Fernando Martins
Marreta - António Pereira (da Zulmira)
Zaragatas - Manuel Veigas
Ferramentas - José Carlos Veigas
Fassana - Humberto Martins
Brotas - Hermenegildo Martins
Pássaro - Virgílio Fernandes
Cuco - João Fernandes
Ervilhas - Hermínio Pereira
Bonifácio - Tarcísio Martins
Vira-Sacos ou Baçal - António Rodrigo
Rente (ao chão)- António Morais
Caldeireira - Isabel Pires
Joaninha - Adília Julieta Morais
Pancrácia - Ana Morais
Morraco - António Braz Pereira
A Grande - Antonieta Morais
Coronel ou Tenente - Manuel António Fernandes
Chassco - António Fernandes
Roca - Ana Pereira
Bexiga - Augusta Silva
Escamado - Frederico Assunção Pires
Matrilena - Helena Martins
Tralhós ou Balhinhas - Carlos Pereira
Panarra - José Martins
Pacheco - Duarte Pires
Cidália - Natália Pires
Pescadinha - Basílio Pires
Panke - Carlos Gomes
Piruças - Orlando Fernandes
Marão - Mário Fernandes
Cabo Raso - Alfredo Fernandes
Leirão - Carlos Martins
Barril - Manuel Pires
Falta de ar - Norberto Pires
Pouca-Chicha - Fernando Alves
Agulhas - José Carlos Silva
Margarido - Manuel Pires
Galeco - Jorge Pires
Conservado - Toninho da Margarida
Rauta - Gualter Martins
Cueca - Fernando Silva
E parece que agora completei a minha lista de nomes.
Espero ter ajudado na pesquisa
Bjs
Céu

Fátima disse...

Céu!!!!!!!!

Temos que tirar uma conclusão: há mais nomeadas que moradores!

Obrigada. Vou ver se concluo a lista, para publicar amanhã ou passado manhã.

Beijos

regina disse...

Fátima,
Pois é,a maior parte das pessoas, infelismente já partiram. Ficaram as lembranças, a saudade e o que elas nos ensinaram.
Bjs
Céu

Augusta disse...

Mas que grande capacidade! Tenho de te tirar o chapéu! Bolas...
Parabéns e continua com essa garra que te caracteriza.
Beijos

Olímpia disse...

IMPRESSIONANTE,Céu!
Das duas, uma:ou fizeste muito bem os trabalhos de casa ou, sabes tudo!
Inclino-me para a última hipótese.
Parabéns, és uma incondicional vencedora!
bjos
Olímpia

regina disse...

E falta o Farturas-Artur Alves
Creio que Fuseiro era Aníbal Pereira
Céu

Lurdes disse...

Fátima
Para começar queria dar os meus parabéns pelo blog (foi a Céu quem me deu o endereço) e já agora dei-lhe uma ajudinha nas nomiadas da minha família e corrijo não é "raposo" é raposa o meu tio António ou Tonecas e o meu tio Manuel é o Barbas d' Alho, lembrei-me agora de um dos Pereiros o meu primo Adriano da tia Judite é o Alaxéco (deve ser assim que se escreve à moda da aldeia) Beijos
Lurdes Pereira do tio Hermínio

Lurdes disse...

Já agora eu também voto em "Venham mais cinco"
E queria escrever "nomeadas" e não nomiadas uppsss. E isto é viciante lembrei-me de outro o meu vizinho o Paulo do tio Vítor é o Marelo.

Augusta disse...

Lurdes:
Ora então, venham mais cinco (para além de ti...)
Devia ser a minha irmã a responder, mas não resisti a dar-te as boas vindas.
Obrigada, e continuamos a contar contigo: na tua presença e na divulgação do blog.
Beijos
Augusta

Lurdes disse...

Olá Augusta, obrigada, fico contente por poder participar... se me lembrar de mais eu mando.

Fátima disse...

Lurdes

Bons olhos te vejam! Sê bem-vinda a esta nossa casa!

Obrigada pelo teu contributo. A partir de agora esperamos, além da tua visita frequente, todos os contributos que possas dar.

Quero ver se, ainda hoje, publico a síntese das nomeadas.

Bijos

J. Stocker disse...

Lurdes

Bem vinda a este cantinho de Rebordaínhos!

Anónimo disse...

caganeta e nao cagalheta joao pereira

J. Stocker disse...

Caro Anónimo!

Registamos com agrado a sua colaboração no sentido de emendar-se o que está mal.
Espero que compreenda que antes de a autora deste post corrigir a nomeada se torna necessário confirmar.

Cumprimentos

Anónimo disse...

o padre jorge era o jota pimenta.