segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Jornal Mensageiro
comunidade fotográfica

Esta foi uma das duas fotos vencedoras do concurso "foto da semana" do Jornal Mensageiro online, é da autoria de uma natural de Rebordaínhos a Fátima Stocker.

As duas fotos vencedoras foram publicadas na edição impressa do referido jornal.

Parabéns Fátima ! Soutelo - Fonte de mergulho


Clique aqui para visualizar todas as fotos

11 comentários:

EC disse...

Já tinha visto a foto, mas não sabia onde era.
Linda!

Bjnhs

J. Stocker disse...

À Fátima já lhe dei os parabéns pessoalmente!
Para a Lurdes o meu agradecimento por ter publicado este post

céu disse...

Que linda foto! E como faz lembrar a fonte do Espinheiro!
É linda de mais.
Parabéns, Fátima
Beijinhos
Céu

Lurdes disse...

Parabéns Fátima uma foto muito linda, tenho que ir dar um passeio até Soutelo.
Ora essa João não tens nada que agradecer é um prazer publicar no blog.
Beijos
Lurdes

Filinto Martins disse...

Olá Fátima!
Não me mataste a sede, mas as saudades da nossa Fonte do Espinheiro... era linda, dava para namorar, ir colher um mangerico na varanda da tia Glória... Eduardo, convém ter aí bons mangericos. Claro, já não há malhas... e na orelha ou se trazia mangerico ou um cigarro... as raparigas contentavam-se com uns rebuçados.
Nós até temos a "FONTE DA VILA"! Seria mesmo importante naquela altura, mas agora, com poluíção deve estar abandonada ou cheia de "merujas".
Esta é de Soutelo, onde estão as pedras da nossa? Cuidemos das outras... aquela água fresquinha que o Rafael vê e o Pilatos detesta dão anos de vida.
Obrigado.

Fátima disse...

Milita
Céu

Obrigada. Não há maus fotógrafos quando o objecto é lindo.

A fonte de Soutelo é, de facto, um regalo para a vista. Outra lindíssima é a de Bousende, que também fotografei.

Beijos

Fátima disse...

Lurdes

Reforço as palavras do João e também te agradeço as palavras que me dirigiste.

Beijos

Fátima disse...

Filinto

O Espinheiro traz-nos todas essas lembranças, a que somo, no Inverno, a brincadeira em cima da poça gelada e, na Primavera e no Outono, depois de refrescada, ir pelo caminho e roubar uma rosa do muro da D. Maria Lopas, ou as amoras, ou flores da tília(que já não existe) do sr. Artur ...

A fonte da vila, para mim a água mais saborosa de Rebordaínhos, esborralhou-se. Nunca passava por lá que me não ajoelhasse para beber até me doerem os dentes com o frio.

Tem razão o Filinto: sói que deitemos mão às nossas fontes.

beijos

J. Stocker disse...

Caros

Filinto e Fátima

Creio que o interesse que a Fonte do Espinheiro tem merecido de todos nós e pelo que ouvi ao Presidente da Junta, em passado recente a reconstrução da mesma poderá vir a ser uma realidade se todos nos dispusermos a colaborar com a Junta.
O maior problema será certamente o suporte financeiro, mas também para esse poderá existir algum remédio, ou através de uma recolha de Fundos ou de apoio de algumas empresas CMB também não deixará de dar certamente o seu contributo.
Vamos aguardar quea Junta nos diga alguma coisa sobre o assunto.

Olímpia disse...

Parabéns fátima, por mais esta bonita fotografia.
Bjos
Olímpia

Olímpia disse...

Obrigada Lurdes, por teres publicado este post.
bjos
Olímpia