sábado, 14 de fevereiro de 2009

Almofada de Poetas

O Rui Freixedelo, respondendo ao meu apelo, fez o favor de nos enviar uma série de fotografias da última nevada, caída a 1 de Fevereiro.




O Rui vai desculpar-me, mas não resisti à tentação de fazer com a fotografia do pelourinho, aquilo que Estaline fazia com aquelas em que figuravam as personalidades que ia matando: apagava-as! O meu motivo é menos feio - pretendi, apenas, realçar a beleza única daquele símbolo da nossa liberdade. O trabalho resultou um pouco canhestro, mas as ferramentas disponíveis não me permitiram fazer melhor...







As fotografias são todas muito bonitas, mas apetece-me publicar estas porque, mal as vi, me surgiu a legenda que deixei em título.



Vistos assim, os castanheiros são como estátuas gregas: nuas, belas e perfeitas!

9 comentários:

Baiqueeuespero disse...

Belas fotos!!!
Mesmo em Carviçais que não é tão facil nevar como em Rebordainhos, este ano já nevou 3 vezes.
Botai lá...

Anónimo disse...

A neve é para os algarvios um sonho porque raros são aqueles que aqui viram nevar. Seria um dia festivo aquele em que acordássemos com umas almofadas de neve à porta.
Quanto ao pelourinho, a mensagem compreende-se bem apesar das parcas ferramentas, como diz. Por aqui há poucos.
Deixo-lhe um abraço

Isabel (Cata-Vento)

Fátima Pereira Stocker disse...

Bai que eu espero

Obrigada, em nome do Rui.

Este ano, S. Pedro tem andado mim daimoso com a neve. Vamos ver se as nascentes rebentaram!

Botemos, então...

Fátima Pereira Stocker disse...

Minha cara Isabel

Os algarvios não terão neve, mas adormecem sobre a flor da amendoeira, bênção que, não tarda, chegará aí.

Também terão poucos pelourinhos, circunstância que o processo de Reconquista justifica, mas só gente livre consegue fazer nascer Aleixos.

Um abraço

Lurdes disse...

Rui estas fotos estão muito lindas, a nossa aldeia fica ainda mais bonita com neve.
Fátima simplesmente lindo como sempre o que escreves e tens a bondade de partilhar connosco. Obrigada!
Beijos
Lurdes

Fátima Pereira Stocker disse...

Lurdes

Obrigada, mas vós é que sois muito gentis.

Beijos

Olímpia disse...

Rui:
Obrigada por estas belas fotos de brancura e solidão contemplada.
Fátima:
Não poderia haver título mais adequado para caracterizar o resultado da dança de leves flocos de neve.
Bem-hajam os dois.
Bjos
Olímpia

CC disse...

Rui, mas que belas fotos!
De facto a nossa aldeia é linda, e com neve ainda mais...
beijinhos

Tilinha

Rui disse...

Queria apenas deixar um obrigado geral, e dizer que saiu aqui um bom artigo destas fotos.
E as fotos claro, valem por ser de onde são. Da nossa aldeia.

Rui