domingo, 5 de julho de 2009

ROSTOS

VII

Prosseguimos na tentativa de reconhecimento de pessoas e lugares. Hoje situamo-nos no Pelourinho, continuando a explorar o acervo fotográfico dos senhores professores.







1 -
2 -
3 - Sr. D. Maria
4 -
5 -
6 - Sr. Professor








1 - Sr. D. Maria
2 - Sr. Professor
3 -
4 -
5 -
6 - Sr. Carlos




Casas:
1 - palheiro do tio Picarete
1a - do tio Moreno
2 - do tio Carlos Sapateiro
3 - palheiro da tia Estefânia
4 - da tia Estefânia
5 - da tia Celeste e do tio António Honorato
6 - da tia Aninhas


Aqui, a fotografia completa

16 comentários:

Augusta disse...

ora então comecemos a deslindar mais um quebra cabeças. Mas só me atrevo nas casas:
2 - parece-me a casa onde morava o sr. Carlos Sapateiro;
4 - casa da tia Estefânia;
5 - casa da tia Celeste e tio Honorato;
6 - Era da tia Aninhas. Foi trocada pela da tia Celeste na portela. Hoje estas duas últimas constituem uma só. A do Mário da tia Celeste.
Venham daí mais ajudas
Beijos

Baptista disse...

Augusta:
Essa era fácil até pra mim, hehe...
E mais:
1 - casa dos morenos, hoje café da chave?
3 - palheiro da tia Estefânia e que agora é uma meia construção que parece que pertence à Teresa. Não sei se já virou construção inteira. Vou conferir isso pessoalmente em Outubro.
Abraços
César

Anónimo disse...

Augusta e Baptista:Concordo quase totalmente com a vossa opinião das casas.Aliás, para o Baptista devia ser mais fácil, ou será que já nasceste na casa onde vivem os teus pais agora? creio que não. Por conseguinte, só podia ser lá cima,na do tio Adriano, ou junto do palheiro da Tia Estefânia,na continuidade deste.Os gaiatos estão sobre as pedras de entrada para o Adro, pelo que se vê, o canto da cortinha do tio ferreira mais a horta da tia Estefânia, casa da mesma, da Celeste, e tia Aninhas nesse tempo.Quanto às outras, lá ao fundo a do Sapateiro, com parte remodelada.Concordo com o palheiro da tia Estefânia, do moreno, creio ser o seguimento do palheiro do pai da Esmeralda, "Picarete".
Quem me sabe dizer para onde desapareceu a casa do tio Picarete que se situava onde é hoje a do Chico meu primo? Será que o Sr, Anónimo pode descortinar os ângulos?
Das fotos não enxergo nnguém que não esteja já identificado. Um abaço: António Brás Pereira

Augusta disse...

Baptista:
Pois é. Por isso me apressei antes que outros o fizessem. Assim sempre posso botar tantinha figura!...
A construção continua a meio e, cá te esperamos em Outubro para comprovares e podermos conversar pessoalmente.
Beijos para ti e para os teus

Augusta disse...

Tonho do tio Arnaldo:
Não sendo eu anónima, penso que a antiga casa do tio Picarete não aparece na fotografia por estar tapada pelas pessoas e pelo pelourinho. Lembras-te que a casa original não tinha a mesma altura da actual?
Beijinhos

Fátima Pereira Stocker disse...

Augusta
Baptista

Obrigada. Vou acrescentar

Beijos

Fátima Pereira Stocker disse...

Tonho (Braz)

Fiz-me, exactamente, a mesma pergunta. Aquela casa do tio Picarete que tinha uma escadinha deliciosa, com degraus dos dois lados e que dava gosto subir para descer de seguida... Sempre que passava ali, era isso que fazia e regalava-me. Mas a Augusta tem razão, acgo que está tapada pelo Sr. Carlos e pela Sr. D. Maria (e pelo pelourinho).

Beijos

Anónimo disse...

É bém possível a vossa sugestão, sobre a casa do tio Picarete, e as escaleirinhas e varanda em granito que a Fátima gostava tanto subir. Também eu, e bons recados levava, pois segundo a proprietária, sujavamos à subìda, e à descida.
Quanto á 2ª foto, a senhora de preto (creio N.º 5) dá ares á minha madrinha, tia Maria. Mas talvez não seja pois aparenta mais idade que o Sr. Professor, e eu não sei qual era mais velho. Como os Professores eram padrinhos de quase todos os meus primos pensei que...Um abraço
António Brás Pereira

Céu disse...

Fátima

O nº 5 da 1ª. foto e o nº. 3 da segunda, parece-me a Dª.Maria Teresa esposa do senhor Carlos Chiote, mas só me parece!
bjs
Céu

Anónimo disse...

Também me parece, Céu. Nesse caso a senhora de preto parece também a tia Ana Costa. Já repararam que as duas fotos foram tiradas com os mesmos vestuários, e as pessoas são as mesmas salvo uma: o senhor da boina. BJS António B, Pereira

Anónimo disse...

Na 1ª foto a casa identificada com nº 1 não é a casa do Moreno mas sim o palheiro do Picarete. Se repararem bem não é apenas um casa mas sim duas. Por conseguinte, a casa do Moreno, é a que está por detrás do palheiro e deveria ser a nº 2. Também não me parece que seja a D. Maria Teresa. Pensem bem na diferença de idade entre ela e a Sr. D. Maria!

Anónimo disse...

Olá! seja bem-vindo(a. E que saudades!...Concordo consigo, ou contigo?- quem sabe, que o "galinho" é mais velho que a "Belita" é forçosamente mais novo que eu,- como já tinha comentado. A casa do "Moreno" está mais recuada. A D. Maria Teresa não é assim tão jovem, e a mãe faleceu com 90 anos passados. Contudo a senhora de preto dá ares á minha madrinha, tia Maria Narcisa que também já tinha muita idade.Um grande abraço, se me permite, Sr. A N Ó N I M O.
António Brás Pereira

Fátima Pereira Stocker disse...

Tonho (Braz)

Céu

Não pode ser a D. Maria Teresa, penso, por causa da idade: na fotografia essa pessoa parece da mesma idade dos srs. professores, o que, manifestamente, a D. Maria Teresa não é. Mas que dá ares, concordo inteiramente. Será a tia Angélica?

A senhora que tu dizes, tonho, também se me parece com a tia Maria, mas não deve ser, porque no máximo, ela seria da idade dos srs. professores e ali parece-me mais velha.

Ai estes mistérios!

Atenção: se achardes que devo acrescentar as vossas propostas, é com gosto que o farei. Dizei alguma coisa e amanhã por esta hora lá farei os acrescentos.

Beijos

P.S. Desculpai esta demora no tratamento das vossas mensagens, mas ando com tanto trabalho que mal tenho tempo para comer. Por isso, o blog fica um bocadinho para trás.

Fátima Pereira Stocker disse...

Meu muito caro Anónimo de nome próprio

As saudades que tinha de si e desse seu olhar atento e perspicaz! Mais uma vez viu muitíssimo bem: são duas casas pegadas, sim senhor! Mas só vi depois da sua chamada de atenção!

Tenho pena de estar sem tempo para introduzir as alterações necessárias na fotografia (demoram a fazer a quem não passa de neófito), mas provisoriamente chamaremos 1a à do tio Moreno.

Um grande beijo e obrigada, mais uma vez.

Anónimo disse...

Fátima:como não há certezas, o melhor, em minha opinião, será esperer por outros palpites,venham eles da India ou da China.BJS
António Brás Pereira

Fátima Pereira Stocker disse...

Tonho

Tudo bem, vamos esperar, então.

Beijos