terça-feira, 8 de setembro de 2009

CONTA

V: O ROSÁRIO


Olhai que esta é verdadeira e foi-me contada pelo Rafael!

Era tempo de segada. O sr. Alfredo de Arufe, mais conhecido por Carabunhas, estava numa camarada de segadores que fazia a segada de um amo que devia ser muito religioso.

O Carabunhas, querendo fazer boa figura perante o amo, no fim do primeiro dia da segada disse-lhe:

- Eu gostava de rezar o terço, mas esqueci-me do rosário...

Aquilo passou, mas no segundo dia voltou à mesma e nos outros a seguir também. O amo, farto de ouvir as mesmas coisas, atalhou-lhe:

- Ouça lá, se quer rezar o terço não precisa do rosário! Guia-se pelas nozes da espinha: começa cá em cima e quando chegar ao cu é glória!

Imagem copiada daqui

5 comentários:

Anónimo disse...

Ola ,Fatima. Esta do sr. Rafael
eu confirmo pois ele nao se cansava de a contar quando andava-mos ao feno em arufe. Belos tempos ,que saudades !
Quanto as fotos eu ja enviei algumas , espero que gostem .
Pois eu sinto orgulho em mostrar o que e nosso .
beijos e abraços para os Rebordainhenses pois sei que se encontram em cada parte do mundo.
Ate nisso somos felizes.
Carlos

Fátima Pereira Stocker disse...

Carlos

Ainda bem que falaste aqui nas fotografias, porque me tenho esquecido de abrir o mail do blog. Obrigada por elas, mesmo se ainda as não vi.

O Rafael, a mim, contou-ma este ano no Verão. O que me ri!

Beijos e obrigada!

Isamar disse...

Boa resposta para o lamento repetido.

Bem-hajam!

Um abraço fraterno

Augusta disse...

Fátima:
Este nosso primo é um piadesco do camanco! Dá gozo ouvi-lo. Conseguia de certeza passar horas a fio a ouvir as histórias que sabe. E o engraçado, é que acabam sempre com umas boas gargalhadas.
Beijos para ti e para ele

Augusta disse...

Carlos:
Agradecemos a tua contribuição neste blog que é de nós todos. Mas olha, tira-nos lá desta agonia. Qual dos Carlos és tu? É que já deitámos contas à cabeça, e não conseguimos destrinçar o puzzle.
Esperamos então por uma resposta tua. Independentemente de qual Carlos se trate, de ceerteza que mereces um beijinho nosso