quarta-feira, 29 de agosto de 2012

REPORTAGEM ATRASADA

Antes de mais, deixem- me que diga: a fachada da nossa igreja está mais linda, porque foi limpa. Ficou assim:

Este ano foi-me impossível publicar as imagens da nossa festa em tempo útil. Creio, no entanto, que quem não esteve presente gostará de ver algumas fotografias, para poder fazer uma ideia de como foi.

Só fotografei a parte religiosa. Quanto à profana, posso afiançar que foi muito interessante o concerto que a banda de Carviçais deu no Largo do Prado. À noite, o arraial foi tão concorrido que quase parecia o da nossa juventude!.

Espero que gostem.

video

Pode ver melhor aqui
Depois de uma tarde inteira de trabalho saiu a desgraça que se vê no "filme". Quis fazer bonito mas tive que remediar. Tenham lá paciência.

4 comentários:

antonio disse...

Fátima: a tua ausência já me pesava, embora para ti tenha sido benéfica e necessária, e as tuas publicações são um regalo para quem não esteve presente nas festividades de Rebordainhos... o trabalho nem sempre é remunerado pelo seu justo valor, mas, podes ter a certeza de que muitas pessoas estão gratas e orgulhosas de ti!
Gostei muito, bem-hajas. Saudosos beijos

Américo Pereira disse...

Fátma, já vi as fotos que publicou
sobre a festa de Rebordainhos. Não estive presente de modo que para
mim foi muito refrescante passar
as imagens e apreciar de uma a uma
todos os pormenores. Obrigado pelo
seu trabalho que me proporcionou
momentos de grande satisfação.
Américo

Fátima Pereira Stocker disse...

Ora viva, Tonho

Obrigada pela tua constante gentileza.

Tens razão, não publico desde meados de Julho: o fim do ano escolar foi tão tormentoso que me não deixou fôlego para mais nada. Agosto foi passado em Rebordaínhos, mas em nossa casa a internet é mais lenta do que o velho comboio a vapor, o que faz perder a paciência a um santo. Valeram os restantes colaboradores do blog, a quem agradeço, para que a página não ficasse parada.

Gostaria muito de te ter visto e falado contigo. Paciência, fica para a próxima.

Beijos

Fátima Pereira Stocker disse...

Sr. Américo

Nem imagina a gratidão com que leio os seus comentários. Bem-haja por eles, porque significam muito para mim.

Beijos