segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

BODAS DE OURO

Foi no passado dia de consoada que o meu tio Manuel, irmão de minha mãe, e a minha tia Matilde completaram 50 anos de casados. É pois, com motivos redobrados, que aqui deixo alegremente a notícia. 

"Gostava que eles [os sogros] fossem vivos para verem a vida que fui capaz de dar à filha", confessou-me o tio Manuel e eu contive as lágrimas perante frase tão eloquente, demonstrativa da paz de espírito que só a consciência do dever cumprido permite ter.

Quiseram que toda a família os acompanhasse e nós, agradecidos e sensibilizados, marcámos presença na festa que se iniciou com uma cerimónia muito bonita na igreja de Parada e se prolongou tarde dentro num restaurante em Nogueira. 


 A minha prima Denérida, o seu marido Toninho e os dois filhos fizeram de tudo para prestar aos pais a merecida homenagem e se, há cinquenta anos, "a única coisa que não faltou foi o frio", neste dia 24 de Dezembro,  frio foi a única coisa que se não sentiu. Que Deus os abençoe e lhes prolongue a felicidade.


Agradeço ao meu primo, o Toninho da tia Zulmira, as três primeiras fotografias que ilustram este artigo (e que também forneceu a quem  pôde dar a notícia primeiro do que eu).

A todos deixo aqui os meus votos de feliz ano novo.

5 comentários:

antonio disse...

Tão queridos! Os meus parabéns, e que Deus os preserve por muitos anos. Um grande abraço para eles e beijos para vós

Augusta disse...

Já lhes dei muitos beijinhos mas, não podia deixar de aqui lhes desejar muitos outros aniversários, e que Deus os mantenha muitos mais anos entre nós.
Os meus parabéns também para a Denérida, Toninho, Filipa e Ricardo. Eles que tão bem organizaram tudo e tão bem souberam receber-nos.
Beijinhos

Augusta disse...

Para todos os visitantes desejo que o novo ano nos traga, pelo menos, um pouco mais de esperança.
Um beijo a todos

Olímpia disse...

Foi uma comemoração muito bonita e emocionante.
Parabéns aos tios.
Bjos

Olímpia

elvira carvalho disse...

Parabéns aos seus tios. É muito bonito ver casais assim unidos ao fim de tanto tempo. Se Deus quiser, e nos deixar chegar lá em 2017 festejo os meus.
Um abraço e bom Domingo de Reis