sábado, 30 de agosto de 2014

A FESTA

É ainda com pouca vontade que me sento ao computador, por ser sinal de férias terminadas e de afastamento indesejado das gentes da nossa terra.Só a necessidade de dar conta do que foi o mês de Agosto àqueles que têm pressa de matar saudades, me obriga a ultrapassar esta letargia que tomou conta de mim.

"Foi bonita a festa, pá", como dizia o Chico Buarque... 

Mais uma vez, as mordomas dos santos e a gente boa que sempre aparece a ajudar permitiram que os andores saíssem primorosos e que a nossa igreja luzisse mais na sua beleza cativante.
A banda juvenil dos Salesianos de Poiares abriu as festividades e, depois, cantou a missa que foi presidida pelo nosso padre Jorge. À tardinha, como vem sendo hábito, a banda despediu-se com um pequeno concerto no Prado. À noite dançou-se, num arraial bastante animado, talvez porque foi quebrado o enguiço e não soprou vento frio na festa de Rebordaínhos. Eu estive até ao fogo de artifício que bem mereceu aplausos.

Deixo-vos com as fotografias da Augusta, porque eu não tirei nenhuma. São também da Augusta aquelas que incluí neste álbum. Boas visitas.


  
Esta é a fotografia da três Fátimas...




 Ó p'ra ele, tão compenetrado...

6 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Foi linda a festa foi. As imagens comprovam-no.
Um abraço e um bom regresso.

Augusta disse...

Apesar de ser um dia que dá muito trabalho organizar,encerra também muita felicidade pela oportunidade de rever velhos amigos.
Olha que aquela das três Fátimas é bem apanhada. Garanto que foi acidental, mas tu tens cá um olho!
Beijinhos

Marta Caminha disse...

Olá a todos!
Gente boa e genuína a da nossa terra...
Manter...Evoluir...Edificar...É a nossa missão...
Bjs e votos de um excelente regresso para todos aqueles que partiram e continuação de boa estadia para os que permanecem.
M3C

Fátima Pereira Stocker disse...

Obrigada, Elvira. Assim que possa, far-lhe-ei uma visita.

Beijos

Fátima Pereira Stocker disse...

Augusta

Achei-lhe graça, e foi por causa disso que escolhi essa fotografia em vez da outra em que não estamos a Fatinha eu.

Beijos

Fátima Pereira Stocker disse...

Marta

Graças a Deus, sobre a gente não temos muito de que nos queixar: há sempre alguém disponível, seja para que trabalho for.

Beijos e obrigada pelos votos e pela participação