segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

REIS 2012 [II]

Respondendo à exigência da caixa de comentários, aqui fica o pequeno vídeo que a Tilinha e a Milita fizeram do cantar dos reis dentro da igreja e um outro que a Augusta filmou em casa da tia Maria. Embora curtos, creio que deve ficar registado que, mais uma vez, o Francisco Martins, o Casimiro Pires, o Manuel Ferreira e o António Rodrigo tiveram a bondade de entrar em nossas casas e oferecer-nos a maravilha das suas vozes, ora cantando, ora rezando.

Deve ser tremendo o esforço a que sujeitam as gargantas, sacrifício que justificam, certamente, pelo amor ao povo e respeito pela herança dos nossos pais. Deus lhes pague!

Os rapazes novos de Rebordaínhos - que os há, e bastantes - bem podem começar a aprender com eles!

video.. video

Porque, pelos vistos, o cantar se prolongou de outras formas, pela noite dentro, mas congregando bastantes pessoas, veja-se o segundo filme que a Milita e a Tilinha enviaram.


video



___
Aqui ficam, também, algumas fotografias que a Augusta tirou.
..



Muito obrigada à Augusta, à Milita e à Tilinha por terem tido a preocupação de deixarem tudo registado.

5 comentários:

elvira carvalho disse...

A tradição vai manter-se a julgar pela juventude observada no último vídeo.
Amiga, muito obrigada pelas suas visitas ao Sexta. A sua opinião é muito importante para mim.
Um abraço e um 2012 com muita saúde.

Idanhense sonhadora disse...

Vamos lá rapaziada aprender tudo o que devem sobre os caretos !!!É que sem caretos Trás-os -Montes não é a mesma coisa .Tenhamos fé que essa gente nova vai continuar a tradição
Bj
Quina

Fátima Pereira Stocker disse...

Elvira

Deus queira que sim, que sejamos capazes de manter a tradição.

Acabei de voltar do sexta-feira: que bela narrativa lá escreveu!

Beijos

Fátima Pereira Stocker disse...

Quina

Tenhamos fé, sim! E tem razão: sem os caretos, Trás-os-Montes deixa de ser aquilo que é.

Beijos

Olímpia disse...

Obrigada a todos os intervenientes (incluindo as repórteres) por nos avivarem memórias.

Bjo

Olímpia