quinta-feira, 11 de abril de 2013

Passaportes

III

Quando iniciei este levantamento de passaportes não tinha a menor ideia que a comunidade Rebordainhense  no Brasil pudesse ter tão grande dimensão.
Após efectuar as primeiras pesquisas envolvendo familiares e outras pessoas que sabia terem emigrado, cheguei a um ponto em que é necessário realizar um levantamento mais exaustivo de modo a conseguir mais alguns passaportes. Assim, recorro aos leitores do blog para que caso tenham algum parente ou amigo  emigrado no Brasil, e pretendendo que eu procure o seu passaporte, respondam a este inquérito (clicar). Não existe necessidade de se identificarem mas podem fazê-lo na ultima caixa se assim o pretenderem.

Enquanto procuro novos emigrantes, deixo mais cinco para que se associe um nome ao rosto.




1
Nome: Ramiro José Rodrigues
Data do Passaporte: 1956
Nascimento: 1935






2
Nome: Manuel Duarte Rodrigues
Data do Passaporte: 1958
Nascimento: 1931





3
Nome: Berta da Alegria Alves
Data do Passaporte: 1953
Nascimento: 1916

4
Nome: Manuel Joaquim Rodrigo
Data do Passaporte: 1952
Nascimento: 1911


5
Nome: Bernardete de Lourdes Alves
Data do Passaporte: 1958
Nascimento: 1939
Nota: Natural de Sortes.




________________________________________
Podem consultar todos os passaportes já identificados aqui (clicar).

17 comentários:

Fátima Pereira Stocker disse...

Rui

Esta tua iniciativa é, de facto, uma bênção. Bem-hajas por ela.

Dos presentes, só os três últimos me lembram alguém que não sei nomear e, provavelmente, estarei errada, como de costume. Mesmo assim, aqui fica:

n.º 3 - Lembra-me a senhora Elisa Brás cujo passaporte fez parte dos primeiros que publicaste. Será parente?

n.º 4 - Dá-me ares ao teu avô Eurico. Será teu tio?

n.º 5 - Lembra-me as mulheres da família da tua avó Julieta. Será que é desta que acerto na tia Bernardete?

É impressionantemente triste o olhar da senhora com o número 3, provavelmente o verdadeiro olhar de todos quantos são arrancados das suas raízes.

Beijos

P.S.

Já escrevi um nome na tua lista.

CC disse...

Olá,

Parabéns Rui pela iniciativa e bem-hajas por partilhares estas fotos.
Aqui vão os palpites dos meus pais:

1 - Afonso, filho da tia Cação e sobrinho da tia Virginia

3 - Tia Elisa, tal como disse a Fátima

4 - Tio Manuel do Outeiro

5 - Bernardete, irmã da tia Julieta, avó do Rui, palpite igual ao da Fátima.

Bjs
Tilinha

CC disse...

Vou acrescentar...

2 - será o sr. João, irmão do representado pelo nº1?

Augusta disse...

Eu, tal como a Fátima, só podia ir lá pelas semelhanças. Mas acredito MESMO que a nº 5 seja a sra Bernardete.
E Rui de facto esta tua iniciativa vale milhões...
Beijinho

Rui disse...

Olá a todos

Quanto aos primeiros dois devo dizer que o tio Manuel falhou por pouco. Ajuda?

A nº3 ninguém está próximo de acertar. Talvez se disser que é prima de um dos outros quatro ajuda?

O 4 não engana ninguém, ainda estou ouvir a minha avó: "olha o meu padrinho". É portanto o tio do meu avô Eurico, irmão do meu bisavô António Manuel Rodrigo. Casado com a tia Elisa que era a nº2 da primeira publicação.

No último penso que dúvidas não restam pois a cara da minha tia permanece intacta.

Queria ainda deixar uma nota. A minha recolha de emigrantes não está a resultar tão bem como esperava. Relanço o incentivo, mesmo que sejam pessoas que não sejam familiares mas sabem alguns dados. Apenas isso levará à manutenção da rubrica. Obrigado.

Rui

EC disse...

Viva Rui!
Está dificil....
Mais um palpite do meu pai: será que a n.° 3 é a tia Berta?
Bjs

EC disse...

Continuando como os palpites, o 1.° Zé da Cação; 2.° Teodoro (irmão da tia Maria).
Será que é desta?

Fátima Pereira Stocker disse...

Rui

Como se comprova, somos uns desmemoriados. Nem me atrevo a dar palpites.

De seguida vou incluir mais alguns nomes no teu inquérito.

Beijos

Rui disse...

Bom dia

Peço desculpa pela demora mas o fim de semana foi passado em rebordainhos longe da internet.

Já está tudo divulgado apesar de ter uma dúvida se o nº2 é mesmo de Rebordainhos. É que em conversa com o tio Manuel ele não se lembrava de nenhum irmão do nº1 com aquele nome. Será que alguém pode confirmar?

O nº3 também foi bem identificado como a minha tia Berta, irmã da nº5 e prima do nº4.

Obrigado D. Fátima pelo esforço em concentrar alguns nomes. Vamos ver se os passaportes aparecem.

Cumprimentos e obrigado a todos
Rui

Rui disse...

D. Fátima
até ver encontrei um, agora não digo é qual.
A Milita também disse que ia colocar alguns nomes.

Beijos
Rui

Fátima Pereira Stocker disse...

Rui

Eu não sou capaz de meter prego nem estopa nesse assunto, mas gostaria de dar uma opinião geral: pode ser que a pessoa não tenha nascido em Rebordaínhos, mas habituámo-nos a considerá-los como sendo. Por exemplo: ninguém, em seu perfeito juízo, diria que o meu pai era de fora: apesar de ter nascido nas Cabanas, tal como os irmãos, toda a gente o pensa e sente como sendo da terra. O mesmo para os muitos primos dele que, nascidos em Vilar d'Ouro, são de Rebordaínhos.

---
Sobre o teu artigo só me resta agradecer-te o facto de me apresentares a quem eu não conheci. Infelizmente, além da tia Bernardete, os nomes dos restantes eram-me desconhecidos, assim como o da tia Cação.

Quero deixar registado - e não sei se alguém reparou nisso - que o analfabetismo é uma excepção em Rebordaínhos: de todos os passaportes que apresentaste até agora, apenas um não vem assinado pelo próprio. Bendita terra!

Beijos

Rui disse...

Boa noite

Apesar de concordar com o que disse, julgo ter-me explicado mal.

O identificado como nº2 não estou a por em causa a naturalidade especificamente como um problema, mas sim o facto de não corresponder a uma pessoa de Rebordainhos, mas sim a alguém de outra freguesia qualquer e que por coincidência com o nome da mãe igual. Vou tentar averiguar e esclarecer.

Beijos
Rui

Fátima Pereira Stocker disse...

Rui

Certíssimo.

Obrigada e beijos

Rui disse...

Confirmado pelo meu primo Beto (da tia Bernardete) que o nº2 é o seu tio Leo, falecido há vários anos no Brasil.

Rui

elvira carvalho disse...

Passei. Deixo um abraço e votos de um bom feriado


Hoje está mau. Parece que vou sair sem conseguir deixar comentário.
Vamos lá mais uma vez

Anónimo disse...

Acho que é do vosso interesse!

https://familysearch.org/pal:/MM9.3.1/TH-1-12840-39368-0?cc=1932363&wc=M9QM-6YH:711339888

https://familysearch.org/pal:/MM9.3.1/TH-1942-22418-5408-12?cc=1932363&wc=M9QM-Z78:1708819606

Fátima Pereira Stocker disse...

Anónimo
Muito grata pela sua atenção. O segundo endereço que nos envia corresponde a um passaporte já publicado, mas o primeiro é novo para nós, o que muito nos enriquece.

Bem-haja