domingo, 2 de junho de 2013

Rebordaínhos - Procissão do Corpo de Deus

O Corpo de Deus foi festejado hoje domingo dia 2 de junho, com uma missa e a habitual procissão em volta do povo... já não tinha memória de ver a aldeia com as ruas enfeitadas de flores e verduras (mais verduras pois as flores ainda há poucas floridas, devido ao frio e chuva...) mesmo assim as ruas ficaram muito bonitas como podem ver pelas fotos...










10 comentários:

Fátima Pereira Stocker disse...

Lurdes

Deus te pague pelas saudades que me fizeste matar. Comovi-me até às lágrimas! Bendito seja que persiste em manter as tradições que, além de celebrarem a Deus, dão motivo para a união do povo.

Beijos

antonio disse...

Fiquei imensamente contente por ver que não é só nas outras Freguesias que as lindas tradições não se perdem... Rebordainhos sempre foi lindo, mas, asseado assim, com verduras e os lindos desenhos de flores é atraente convidando seus filhos à visita para que não caiam no esquecimento. Parabéns Lu está lindo. Beijos

Idanhense sonhadora disse...



Ainda bem que as tradições se vão mantendo , pela vontade do povo , neste nossa país .Foi-se o feriado do Corpo de Deus mas as pessoas não esquecem e persistem .Que assim continuem , pois um povo sem passado é um povo sem futuro , como sabemos , não é Fátima ?!
Beijinhos

Augusta disse...

Lindo! Obrigada Lurdes por mostrares a quem não pode estar presente. Assim matámos um pouco as saudades, mas pelo que vejo, a missa foi dita na igreja.Noutros tempos, com o padre João, fazia-se missa campal no prado, e nas ruas, para além das flores no chão, faziam-se arcos que as atravessavam de um lado ao outro.
Bj

Olímpia disse...

Bem-hajas Lurdes por me teres feito voltar à minha meninice.
Abençoados sejam aqueles que teimam em manter a tradição.

bjos

Olímpia

Lurdes disse...

Fátima, Augusta, António e Olímpia, foi um pequeno gesto de carinho para todos os ausentes. Quem está de parabéns são as pessoas que trabalharam na limpeza e decoração das ruas, eu só tirei as fotos...
E fico muito feliz por saber que gostaram!

Beijos

Lurdes

elvira carvalho disse...

Lindas imagens. Aqui no Barreiro e arredores, não houve procissão. A procissão foi em Setúbal, e estavam convidadas todas as paróquias do distrito. Como ainda são mais de 30 Kms até lá, não fui.
Um abraço e uma boa semana

A. Fernandes disse...

Obrigado, Lurdes, por nos matar saudades de rituais tão cheios de fé e de partilha. Mas, parte-se-me o coração da mancheiazinha de gente em torno da cruz. Mais que isso éramos só nós, os cruzados (ganapos e meninas com a cruz das caravelas ao peito)aqui há sessenta anos, lembrais-vos, ó velhotes da minha idade? Será que Rebordainhos está mesmo condenada à extinção?
Apesar dessa melancolia, obrigado na mesma, e continue a enviar-nos destas reportagens que são autênticas romagens aos nossos tempos de infância.

António Fernandes

Anónimo disse...

Se todos fizer comó sinhor Antonho é de serto ca caba Rebordaínhos.Nunca o cá bi.

Lurdes disse...

António Fernandes,
Efectivamente Rebordaínhos está a ficar uma aldeia com pouca gente, principalmente crianças, no meu tempo de criança também não era assim... há 40 anos. Fiquei admirada com tão pouca gente na procissão...
Enquanto me for possível continuarei a mostrar o que por cá se vai passado... eu sei o que é viver longe da terra parideira e sentir saudades do cheiro da terra depois da chuva e do fumo a sair pelas chaminés... e voltar à infância, nem que seja apenas por alguns escassos momentos.

Lurdes Pereira